All for Joomla All for Webmasters

Governo promete contratar especialistas de diagnóstico e terapêutica – Saúde


Os técnicos dos hospitais e centros de saúde que fazem análises clínicas, radiografias, fisioterapia ou que desenvolvem e aplicam próteses vão transitar para uma carreira especial de técnico superior das áreas de diagnóstico e terapêutica (TSDT), passando a ter uma “estrutura salarial ajustada ao nível de complexidade” das funções.

 

Com a publicação das tabelas em Diário da República, este decreto-lei permite a “efetiva implementação da carreira especial” destes técnicos, que assim entra em vigor esta terça-feira, 12 de fevereiro. Nos casos em que a atual remuneração base seja inferior ao da primeira posição, o acréscimo salarial será feito de forma faseada durante este ano, ficando completo apenas a partir de setembro.

 

Outra novidade prevista neste diploma é que, também durante o ano de 2019, deve ser feito um levantamento da necessidade de profissionais nesta área, tendo em vista a abertura de concursos para o preenchimento de postos de trabalho nas categorias de técnico especialista e de técnico especialista principal nesta nova carreira na área do diagnóstico e terapêutica.

 

Apesar destas alterações, os técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica já marcaram uma nova greve para 21 de fevereiro para manifestar a sua “discordância e repúdio” pela decisão do Governo de aprovar este regime remuneratório sem o acordo dos sindicatos. Para o mesmo dia, a estrutura sindical do setor marcou também “uma grande manifestação nacional”, em frente à Assembleia da República.



Fonte do Artigo

About The Author

Related posts

Deixe uma resposta